Na pesquisa que realizei, algumas pessoas associaram descanso, lazer e sono, mas eles têm algumas diferenças, assim, venho aqui esclarecê-las. Dessa forma, talvez, fique mais fácil você identificar cada atividade, aliando aos tipos de descanso.

Descansar é o processo de inatividade de nosso corpo e mente. Quando paramos, nos deitamos ou nos sentamos e não fazemos nada (nem olhamos o celular) e buscamos o relaxar, o soltar do corpo. É simplesmente “o estar no corpo”, o repousar, o soltar, o suavizar das tensões. Como vimos anteriormente, temos sete tipos de descanso.

O sono – muitos confundem o dormir com o descansar. Na verdade, são atividades distintas. Quando dormimos, o nosso corpo ainda está num processo ativo, porém diferente do estado de vigília. O que ocorre é que há a desconexão fisiológica dos estímulos externos e os processos são mais internos, mas ainda assim há atividade cerebral, principalmente no sono REM. É o momento em que há alternância de processos fisiológicos. Um bom sono, muitas vezes, demanda um momento de descanso anterior. Um demonstrar ao corpo que é o momento de desacelerar para que o sono chegue de maneira mais natural e sem esforço. O que chamamos de higiene do sono.

Muitas pessoas associam o lazer também ao descanso, mas ele pode ser uma atividade que reabaste nossa energia, mas não é necessariamente, descanso. Lazer é o nosso momento de desfrutar de atividades prazerosas, que nos alegram, nos motivam, que nos inspiram. Muitas vezes, após um momento de lazer, voltamos mais cansados fisicamente, mas com a energia e a disposição renovadas, pois a atividade nos transformou.

Fez sentido pra você? Será que é possível incluir um momento para cada um deles em sua rotina em busca de seu bem-estar? Me conta aqui suas experiências.